Lançamentos - Fernando Naccari

VW Fox ganha visual semelhante ao do Golf além de inovações tecnológicas e mecânicas

Com ‘design global’ da marca, veículo não fugirá muito do atual, mas entre as mudanças importantes, traz o moderno motor 1.6 MSI e câmbio manual de seis marchas

Além de frente e traseira com visual mais esportivo, Fox chega a linha 2015 com novas opções de motorização e câmbioRenovado. Não vemos outra palavra que defina melhor o novo Fox. O modelo, que revolucionou o mercado nacional, começou a ser vendido pela Volkswagen em suas rede de concessionárias no último mês.

Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o Fox passa a oferecer ainda mais recursos de segurança e itens de conforto que geralmente são encontrados em veículos de categorias superiores. Entre eles, podemos destacar o controle eletrônico de estabilidade (ESC), novo powertrain–incluindo o novo motor 1.6l MSI e o inédito câmbio manual de seis marchas –, o sistema park pilot (com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro), o easy trunk (sistema de abertura elétrica da tampa do porta-malas pelo logotipo da Volkswagen), o easy drive (direção com assistência elétrica) e os faróis de neblina com luz de conversão estática (cornering light) recurso que amplia a área iluminada em curvas feitas em velocidade igual ou inferior a 40 km/h. Sempre que os faróis estiverem ligados (fachos alto ou baixo) e a seta for acionada ou o motor Ista girar o volante, o farol de neblina do lado correspondente ao que o veículo estiver virando é acionado automaticamente. Há, ainda, bloqueio eletrônico do diferencial (EDS), controle de assistência de partida em rampa (HHC), sistema de navegação embutido no painel (RNS315), controle de tração, entre outros.

EVOLUÇÃO DO DESIGN
Os novos faróis marcam o visual do veículo e, mais inclinados, revelam um aspecto mais agressivo. Agora, uma linha cromada horizontal divide toda a frente do veículo, tangenciando a parte inferior dos faróis, característica adotada também no novo Golf. A traseira do veículo também adota novas lanternas, que estão maiores em comparação ao modelo anterior (e em posição horizontal). O novo conjunto ótico passa a ser duplo e dividido entre a lateral do veículo e a tampa do porta-malas. Para a abertura deste, há o sistema Easy Trunk (“schwenkemblem”), sistema de abertura elétrica da tampa do porta-malas pelo logotipo da Volkswagen, como já ocorre no CC e no Passat.

Painel de comandos é bem semelhante ao da versão anteriorINOVAÇÕES NAS VERSÕES
O novo Fox agora recebe a nomenclatura global da Volkswagen para denominar suas versões. Com isso, o modelo passa a ser oferecido em quatro configurações (Trendline, Comfortline, Highline e BlueMotion). Essas versões contam com três configurações de câmbio e quatro opções de motorização. Ao todo, são oito combinações possíveis: a maior oferta de versões, motores e transmissões do segmento. O novo Fox Trendline (versão de entrada) e Novo Fox Comfortline (configuração intermediária) podem ser equipados com os motores 1.0l TEC (de até 76 cv) e 1.6l MSI (de até 104 cv), ambos de quatro cilindros em linha.

Com 120cv (etanol) na versão Highline, o novo motor 1.6l MSI conta com quatro válvulas por cilindro, sistema de partida a frio aquecida (que dispensa o tanque auxiliar de combustível), coletor de escape integrado ao cabeçote, bloco e cabeçote de alumínio, comando variável de válvulas na admissão, duplo circuito de arrefecimento e duplo comando de válvulas integrado à tampa do cabeçote. Além da nova motorização, o Fox Highline conta ainda com a opção da transmissão automatizada I-Motion com a versão 2 de aplicação do software de gerenciamento eletrônico, que promete trocas de marcha mais suaves e precisas.

Também na versão Highline, há a opção da inédita transmissão manual de seis marchas. Desenvolvida tendo como base a caixa manual de cinco marchas MQ200-5F, a nova transmissão  (MQ200-6F) é 4,2cm maior e tem 3,2kg a mais do que a MQ200-5F, que tem 33,5 kg. Tendo como principais objetivos a performance, a economia de combustível e funcionamento otimizado,  mantém as relações de 1ª a 5ª marchas da transmissão iguais as da MQ200-5F, mas com a relação do diferencial mais curta (passando de 4,188:1 para 4,357:1).

EQUIPAMENTOS
Desde a versão de entrada, Trendline, é de série a direção com assistência elétrica Easy Drive, que, além do conforto, traz como principal vantagem em relação aos sistemas de assistência hidráulica o fato de só demandar energia quando necessário. A lista de itens de série do Fox Trendline conta, ainda, com vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central, coluna de direção ajustável em altura e distância, chave canivete, seis alto-falantes, antena de teto e faróis duplos.

Novo Fox traz a atual identidade visual da marcaOutro recurso inédito na linha Fox é a possibilidade de equipar a versão Highline com o rádio navegador RNS315, o mesmo que equipa a linha Passat, CC e Tiguan.

O RNS315, na verdade, é uma central multimídia, pois conta com tela sensível ao toque de 5,5 polegadas, sistema Bluetooth integrado, receptor AM/FM com RDS, CD Player com MP3 e WMA e entrada auxiliar de áudio. Também possui um slot para SD-cards, que podem reproduzir mapas de navegação ou arquivos de música em formato MP3, por exemplo.

Na versão topo de linha Highline, o veículo pode ser equipado com sistema de controle eletrônico de estabilidade (ESC). O sistema reconhece um estágio inicial de que uma situação de rodagem crítica está para acontecer, comparando os comandos do motorista com as reações do veículo a esse comando. Dessa maneira, se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade.

Interior mantém desenho característico dos demais modelos da marcaHá também a possibilidade de equipar o Fox com o ASR, sistema que auxilia o motorista a arrancar ou acelerar o veículo sobre um piso de baixa aderência, graças a uma série de sensores e uma central eletrônica.

O sistema atua gerenciando o torque motriz e a frenagem individual da roda que destraciona, auxiliando na aderência dos pneus em qualquer condição de utilização.

O TC (M-ABS) – O Traction Control ou Controle de tração  - tem a função de reduzir o escorregamento das rodas durante a aceleração ou quando o veículo começa a destracionar, em curvas acentuadas, controlando eletronicamente o torque do motor. O TC (M-ABS) está disponível de série para o Fox Highline.

Já o EDS (Elektronische Differenzialsperre) – Bloqueio eletrônico do diferencial – é ideal para trilhas ou em situação de baixa tração em uma das rodas motrizes, o sistema aciona o freio da roda com menor tração, transferindo o torque para a roda com maior tração, proporcionando assim melhor eficiência à saída do veículo. Esse sistema de “tração inteligente” funciona de forma automática, sem necessidade de o motorista acionar um botão no painel. Além disso, o sistema atua em curvas e em velocidade de até 80 km/h.

Em aclives acima de 5%, o sistema HHC (Hill Hold Control) - ou controle de assistência de partida em rampa – mantém o veículo freado por até 2 segundos, após o motorista aliviar o pedal do freio, no qual este é liberado progressivamente durante a aceleração, permitindo a partida do veículo com mais conforto e tranquilidade em rampas.

O HBA, função adicional do sistema ESC, o BAS (Brake Assist System ou Sistema de assistência à frenagem) é outro recurso inédito na linha Fox. O módulo do ABS e do ESC reconhece, por meio da velocidade e força de acionamento do pedal de freio, que se trata de uma condição de frenagem de emergência. Nesse momento, o sistema aumenta a pressão no circuito hidráulico e a força de atuação das pinças de freio, buscando a condição ideal de funcionamento do ABS para reduzir o espaço de frenagem. 

O Novo Fox Highline conta com freios a disco nas rodas dianteiras com 280mm de diâmetro. Além de ter a promessa de ser mais eficiente, esse sistema confere mais conforto ao motorista, uma vez que os novos freios demandam 15% menos força para realizar a mesma desaceleração. Esse sistema traz maior resistência ao efeito de fading (perda de eficiência causada por aquecimento após frenagens sucessivas).

 

comentários
Avaliar:

Comentários