Oficina Brasil


Diferenças no projeto do motor que interferem no modelo da bomba d’ água e sua aplicação

Visualmente, a bomba d’água pode parecer igual à outra e, no entanto, pode haver diferenças na construção

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

Um dos principais componentes do sistema de arrefecimento, a bomba d’água é responsável por fazer com que o líquido de arrefecimento circule pelas galerias do moto, desempenhando, assim, papel fundamental no motor do veículo, pois é através do líquido de arrefecimento que ocorre a troca de calor e controle da temperatura do motor. Edson Vieira, assistente técnico da Nakata, afirma: “A bomba d’água requer atenção especial do reparador na hora da manutenção, pois, visualmente, a bomba d’água pode parecer igual a outra, no entanto, pode haver diferenças na construção”.

Para exemplificar, a Nakata cita as bombas d’água Fiat com correia V e poli V. Por exigir mais do conjunto as bombas com correia poli V tem rolamento reforçado. Outro exemplo é a bomba d´água dos motores VW AP, que também contém a diferença nas correias, além de demandar uma bomba com rolamento reforçado. “Se usar a bomba d’água para polia V num sistema de polia poly V, que exige mais da bomba, ocorrerá sobrecarga da bomba e consequentemente afetará a vida útil da peça”, ressalta.

Dicas como esta podem ser conferidas no YouTube da Nakata clique aqui.

Comentários