Oficina Brasil


Cofap e Magneti Marelli alertam para a importância da manutenção preventiva

O mercado de veículos usados está aquecido. De acordo com dados da FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, o segmento movimentou mais de 1 milhão de unidades em março deste ano e a tendência é de crescimento

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

A Cofap e a Magneti Marelli estão investindo em um cronograma intenso de lançamentos de produtos para atender essa frota circulante. No ano passado, foram mais de 1.600 novos códigos no mercado reparador, sendo 520 lançamentos com a marca Cofap e cerca de 800 com a marca Magneti Marelli. Além disso, a gama de produtos cresceu com seis novas linhas: pastilhas e patins de freio moto, jogos de anéis, mangueiras automotivas, elétrica moto, sensor de desgaste de pastilhas de freio automotivas e módulos de combustível, superando a marca de 70 linhas e famílias de autopeças e motopeças.

Mesmo diante dos desafios impostos ao mercado devido à pandemia, a empresa seguiu investindo na ampliação da sua gama de produtos. Para 2022, a empresa promete nove novas linhas que devem ser somadas ao portfólio.

As marcas Cofap e Magneti Marelli chamam a atenção para a necessidade da manutenção preventiva em veículos usados.

Entre os sistemas que devem ser priorizados na hora da revisão está o de suspensão, especialmente os amortecedores, por terem papel fundamental na segurança veicular. O amortecedor é o principal componente do sistema de suspensão do veículo, pois garante que os pneus estejam sempre em contato com o solo, mantendo as condições ideais para a dirigibilidade. Por ser o mais importante item do sistema de suspensão, requer revisão periódica, considerando que nem sempre a perda de eficiência dos amortecedores, que ocorre naturalmente devido aos extremos esforços a que está submetido, podem ser percebidos pelo motorista. Vale lembrar que a durabilidade desse componente está diretamente ligada ao tipo de condução e de utilização do veículo. Amortecedores utilizados em veículos que rodam somente em vias pavimentadas tem a probabilidade de apresentarem uma vida útil bem maior do que veículos utilizados em meio rural, estradas de terra ou mal conservadas.

Do mesmo modo, motoristas que passam por lombadas e buracos ou obstáculos sem reduzir a velocidade estão contribuindo para aumentar os riscos de avaria e perda de eficiência, não somente dos amortecedores, mas de todos os componentes do sistema de suspensão do veículo.

Na hora de revisar o veículo também é preciso ficar atento às condições do sistema de freio, do sistema de ignição, do sistema de iluminação e do sistema elétrico.

No caso do sistema de freios, destaque para as pastilhas, componente de desgaste. A dica da Cofap é ficar atento aos ruídos e chiados ao acionar o freio, que indicam que é hora de substituir as pastilhas para que a eficiência do sistema de freios não seja comprometida.

Evitar freadas bruscas e descidas na “banguela” (carros com câmbio manual), por exemplo, poupam as pastilhas de um desgaste acelerado. 

O sistema de ignição, por ter papel ativo no funcionamento do motor, pode provocar perda de potência, dificuldade na hora de acionar o motor do veículo e aumento do consumo de combustível. Para evitar surpresas inesperadas como o apagão do motor, gastos indesejáveis e até mesmo danos mais graves, é recomendado realizar revisões periódicas no conjunto de modo a prevenir transtornos e avarias.

No sistema de iluminação, as lâmpadas desempenham papel de destaque. Além de serem importantes para a segurança, porque garantem a visibilidade ideal para o motorista, também têm a sua funcionalidade prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Segundo o artigo 230, “conduzir o veículo com defeito no sistema de iluminação, de sinalização ou com lâmpadas queimadas" é infração média, com multa de R$130,16, somada a quatro pontos na CNH. 

Coração do sistema elétrico, as baterias, garantem o fornecimento de energia para o motor de partida, além da alimentação do sistema de ignição e injeção eletrônica. Dificuldade em dar a partida no motor, oxidação nos terminais e acendimento da luz de alerta no painel de instrumentos do veículo são sinais evidentes de que a bateria deve ser verificada imediatamente.

Para mais informações sobre os produtos Magneti Marelli e Cofap podem ser encontradas no catálogo eletrônico disponível para celulares IOS e Android, no site www.mmcofap.com.br ou pelos números de Atendimento ao consumidor, Cofap 0800-0194054 e Magneti Marelli 0800-0191638.

Comentários