Chevrolet Astra GLS, um belga naturalizado brasileiro que chegou disposto a enfrentar os alemães e italianos

Sucesso na Europa, a Chevrolet do Brasil trouxe um dos seus maiores trunfos no segmento de médios, mas foi pega de surpresa com a elevação do IPI

VW TL 4P, as portas da esperança para conseguir uma fatia no disputado segmento de médios

Lançado na mesma ocasião da adoção da nova dianteira, a versão de 4 portas do TL foi a segunda tentativa da VW em produzir um modelo nessa configuração

Volkswagen TL, sopro de estilo e elegância para concorrer no disputado segmento de médios

Baseado na plataforma da Variant e substituto do malfadado “Zé do Caixão” o TL trouxe estilo e personalidade, além de espaço para bagagem

DKW-Candango, o destemido desbravador dos rincões brasileiros

Em um tempo que as estradas asfaltadas eram um luxo, a Vemag lançou um pequeno utilitário batizado de Candango que enfrentava com garra os lugares mais difíceis desse Brasil

Polara: a mudança de nome que deu um sopro de vida ao pequeno Dodge no segmento de médios

Ele nasceu como Dodge 1800, mas problemas de qualidade afetaram o início de sua trajetória. Foi, então, rebatizado de Polara, em uma tentativa de melhorar sua imagem

Símbolo de status e classe, o Aero-Willys foi um dos carros mais caros e sofisticados nos anos 60

O Aero-Willys nasceu junto com a indústria automotiva tupiniquim e representou com elegância os primórdios dessa fase. Começou sendo um Willys, acabou sendo um Ford

MP Lafer, réplica brasileira do MG inglês dos anos 50 que ganhou fama internacional

Inspirado no MG TD de 1950, o MP Lafer foi a primeira réplica feita no Brasil. Usando mecânica Volkswagen, o modelo chegou a ser exportado

Monza Classic SE: Ícone em sofisticação e luxo na década de oitenta

A versão Classic trouxe requinte e status à linha Monza, modelo médio mais vendido entre os anos de 1984 a 1986, que além do conforto, trazia soluções tecnológicas inovadoras para a época

Puma, o felino brasileiro que conquistou as pistas e as ruas do Brasil e do mundo

Nascido nas pistas, o Puma logo se tornou um sucesso por conta do seu belo desenho e da mecânica simples, primeiro DKW, depois Volkswagen a ar. Nesta última, havia até a possibilidade de escolher componentes a fim de melhorar o desempenho

Com o modelo 1800 a Dodge quis mostrar que sabia fazer carros menores

Com o Dodge 1800 a Chrysler quis a abocanhar uma fatia do segmento de carros médios, mas problemas de qualidade afetaram a imagem do modelo em seus primeiros anos

Esportivo brasileiro: o belo Volkswagen SP2 foi considerado “o senhor automóvel” nos anos 70

Projetado no Brasil, o veículo tinha estilo arrojado e foi destaque até no exterior, mas foi vítima do fraco desempenho que os motores boxer advindos dos Fuscas traziam ao veículo

Rei do asfalto: Dodge Dart é objeto de desejo dos colecionadores brasileiros

Equipado com um potente motor V8, o veículo marcou época e até hoje atrai uma legião de admiradores em todo o Brasil. Para saber mais sobre seus detalhes, desfrute dessa viagem no tempo na matéria

Luxuoso e imponente, o Itamaraty ficou conhecido como “Palácio sobre Rodas”

Nascido a partir do Aero-Willys, o Itamaraty foi sinônimo de exclusividade além de ser um ícone dos veículos comercializados no Brasil nos anos 60

Adotado pela Chrysler, o Esplanada foi o último modelo a carregar a alma Simca no Brasil

Com a missão de substituir modelos de renome em nosso país, como Simca Chambord, o Esplanada também conquistou uma legião de fãs, inclusive no meio da reparação

Alfa Romeo 2300, o carro importado feito no Brasil

Acompanhe a história deste incrível brasileiro de alma italiana que encantou gerações e, ainda nos dias de hoje, carrega uma legião de fãs entre proprietários e reparadores