Oficina Brasil


Peugeot (PSA) e Fiat (FCA) se tornam um grupo só

Esta fusão proporcionará cerca de 3,7 bilhões de euros estimados de sinergias anuais em pleno funcionamento, sem fechamento de fábricas como resultado da operação

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

5

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e a Peugeot S.A. (Groupe PSA) assinaram  um acordo de combinação vinculativo que prevê uma fusão de 50/50 dos seus negócios. Juntas, elas se tornam a quarta maior fabricante mundial de veículos em volume e a terceira maior em receita. Além disso, o grupo deve alavancar a forte presença em pesquisa, desenvolvimento e ecossistemas globais.

No comunicado, as marcas se comprometem a não fechar fábricas em nenhum dos países que atuam. Ademais, a fusão proporcionará economia de 3,7 bilhões de euros, com saldo positivo já no primeiro ano de operação. A receita será dividida em 46% vindo da Europa e 43% da América do Norte.

O atual presidente da FCA, John Elkann, será o presidente do novo grupo.Com esta fusão, ambas as empresas terá como compromisso alavancar a eficiência de investimento numa escala maior para desenvolver soluções inovadoras de mobilidade e tecnologias de ponta em novas fontes de energia para veículos, condução autônoma e conectividade.

 

Comentários