Lançamentos - Vinícius Montoia

Discovery Sport chega em três versões com a responsabilidade de bater meta ambiciosa

O utilitário esportivo será o primeiro modelo produzido pela Land Rover no Brasil e sua fabricação já está programada para o início de 2016 em Itatiaia, no Rio de Janeiro. Ele será responsável por 50% das vendas da marca até o final do ano

Versão de entrada, SE,parte de R$ 179.900A Land Rover apresentou o seu novo SUV de entrada, que vem para substituir o Freelander2. O novo Discovery Sport, que já havia sido apresentado no Salão do Automóvel de 2014, tem preço inicial de R$ 179.900 na versão SE. Na intermediária, HSE, o preço sobe para R$ 202.900 e a topo de gama custa R$ 232.000. O veículo será responsável pelo crescimento do número de vendas de carros da marca no Brasil: “o Discovery Sport terá participação de 50% na divisão de vendas da Land Rover”, afirmou Gabriel Patini, diretor de marketing e produto da Land Rover no Brasil.

Como já foi divulgado anteriormente, o Discovery Sport será o primeiro modelo fabricado no Brasil na fábrica de Itatiaia, Rio de Janeiro, em 2016. Por enquanto o veículo é importado de Halewood, cidade próxima a Liverpool, na Inglaterra. De acordo com a marca, o preço do veículo importado será o mesmo daquele que será feito no país e não haverá necessidade de importações, pois a quantidade fabricada suprirá a demanda do mercado brasileiro. “Em abril de 2016 deveremos estar produzindo de 6 mil a 10 mil unidades”, disse Patini. Não há planos para exportar o Discovery Sport para outros países da América Latina.

Segundo o diretor, o público do Discovery Sport é aquele que vive na cidade e gosta de pequenas aventuras nos finais de semana, procurando um carro que “ofereça experiências de vida”. O SUV compacto premium terá opções de cinco e sete lugares. As versões básica e intermediária têm a terceira fileira de banco como opcional, que custa R$ 5.000. Já a versão HSE Luxury, top, já vem com os dois assentos extras. As vendas começaram no dia 16 de abril.

O motor do utilitário esportivo é o 2.0 Si4 movido a gasolina, que rende até 240 cv de potência e 34,6 kgfm de torque entre 1.800 e 4.000 rpm. O torque disponível em baixas rotações auxilia na transposição de obstáculos. O câmbio de nove marchas é fornecido pela ZF e todas as versões já contam com tração integral. Para quem gosta de esportividade, há aletas atrás do volante para as trocas sequenciais. De acordo com a Land Rover, as marchas altas trazem relação mais longas, proporcionando maior economia de combustível e maior conforto acústico para quem trafega no veículo. Mas o Oficina Brasil ainda não realizou o teste no veículo. Assim que obtermos, divulgaremos os números de consumo do SUV.

ITENS DE SÉRIE
O sistema Terrain Response adapta as configurações de tração, aceleração e torque para qualquer tipo de terreno: normal, grama, neve, cascalho, lama, areia e sulcos. Além disso, há também o modo Eco, que amplia a economia de combustível.

De série todas as versões contam com alarme perimétrico, botão de ignição start/stop, ar-condicionado, entrada para IPod, auxiliar e USB, rádio com conexão bluetooth, painel de instrumentos digital com tela de 5 polegadas TFT e tela multimídia sensível ao toque de 8 polegadas.

A versão SE também conta com espelhos retrovisores com ajuste e rebatimento elétricos, sensor de chuva e crepuscular, faróis de neblina, bancos revestidos em tecido e couro, console central em alumínio escovado, controle de cruzeiro, sensor de estacionamento traseiro com câmera de ré, ar-condicionado de duas zonas e sistema de áudio com seis alto-falantes.

A HSE, intermediária, além de ter os itens da versão básica tem também teto-solar panorâmico, faróis de xênon com luz diurna em LED, rodas de liga leve de 19 polegadas (na versão SE são 18 polegadas), bancos totalmente revestidos por couro e com ajustes elétricos para passageiro e motorista, sensor de estacionamento traseiro, saída de ar-condicionado para a segunda fileira de bancos e sistema de áudio com 11 alto-falantes.A gama conta ainda com a versão HSE, por R$ 202.900 e HSE Luxury, por R$ 232.000Na unidade HSE Luxury os espelhos retrovisores têm memória, os bancos são em couro premium Windsor, os assentos dianteiros contam com climatização (aquecimento e resfriamento), ajustes elétricos e memória, entrada USB na segunda fileira de bancos, iluminação interna configurável e sistema de áudio Meridian com 17 alto-falantes 825W com subwoofer incluso.

Para o veículo que tiver sete lugares, há quatro tomadas de 12V e seis entradas USB distribuídas entre as três fileiras de bancos, para que se possa carregar, simultaneamente, diversos dispositivos. E o ar-condicionado digital de duas zonas tem saídas no meio das colunas B e C, para facilitar a circulação de ar para a parte de trás do habitáculo.

A construção do SUV foi feita em aço e painéis de alumínio. Isso garante a leveza e rigidez torcional do carro. Você pode conferir mais informações sobre a construção do Discovery Sport nos vídeos da página do facebookdo Oficina Brasil. 

O motor é o 2.0 Si4 movido a gasolina, com 240 cv de potência e 34,6 kgfm de torque. Em breve haverá uma opção a dieselTECNOLOGIAS
O Discovery Sport traz tecnologias importantes para o motorista que quiser encarar uma aventura fora-de-estrada. O HDC (Hill DescentControl) ajuda a descer de forma segura com o SUV em barrancos, por exemplo. Há também Controle de Estabilidade de Rolagem (RSC), Controle Dinâmico de Estabilidade (DSC) e Controle Eletrônico de Tração (ETC). Para facilitar todas as manobras, a direção tem assistência elétrica. O Discovery Sport tem 4,59 metros de comprimento, 2,74 de entre-eixos, 1,68 de altura e 2,17 de largura. A Land Rover pretende comercializar 6.000 unidades nesse ano.

DIESEL
O motor movido a diesel chegará ainda esse ano, segundo Gabriel Patini, diretor de marketing e produto da Land Rover. “O motor diesel só não foi importado ainda por conta da demanda na fábrica na Inglaterra”. Mas, de acordo com Patini, esse propulsor não será o mais comercializado: “não há muitos pedidos para o diesel. Ele só é importante para clientes que precisam de maior autonomia do que o proporcionado pelo motor a gasolina. E nesse segmento ele só adquirido em locais como o nordeste, interior de São Paulo e sul de Minas Gerais”. E para quem ainda quer comprar um Freelandeer2, saiba que existem menos de 50 unidades à venda.

CONCESSIONÁRIA
A Land Rover apresentou alguns planos que podem deixar o consumidor do veículo feliz, mas que não vão agradar em nada o reparador. Além de poder estender a garantia de três (ou 100 mil km) para cinco anos (ou 150 mil km), a marca estabeleceu uma meta com os concessionários: as cinco primeiras revisões do Discovery Sport custam apenas R$ 990. Isso inclui as trocas de óleo, filtros de óleo, ar, combustível e ar-condicionado, fluido de freio e mão-de-obra. E para tal ação a Jaguar Land Rover não investiu em homologação de peças no mercado nacional. “É um investimento da marca para os seus clientes premium”, diz Patini.

Os mostradores contam com tela TFT de 5 polegadas / O ar-condicionado é digital e de duas zonas também na parte de trás

Teto solar panorâmico só é de série na versão topo de linhaCOMPRA GARANTIDA
De acordo com a Land Rover, o programa Approved (aprovado, em português), consiste em seminovos certificados pelo setor de qualidade da marca, para terem compra garantida pelas concessionárias Jaguar Land Rover. As unidades com até 125 mil quilômetros rodados ou cinco anos de uso são abrangidas pelo Approved, mas somente após passar por uma minuciosa inspeção, que conta com 144 itens, o carro voltará para a concessionária e facilitará a vida de quem quer comprar um carro Premium usado sem ficar com a “pulga atrás da orelha”. O primeiro veículo aceito no programa é o Range Rover Evoque e gradativamente outros veículos do grupo serão aceitos. Donos de veículos blindados também usufruirão do benefício. Outra novidade fica por conta do Evoque conversível, que foi apresentado no começo de março. Ele virá para o Brasil, mas só depois que as vendas começarem na Europa, o que deve ocorrer somente em agosto.

 

comentários
Avaliar:

Comentários